Vale lembrar que o tratamento do sobrepeso na infância deve envolver toda a família. Muitas vezes, a criança está fora do peso em função do ambiente que ela vive.

27 de Mai / 2018
A obesidade infantil é um problema de saúde que vem ganhando cada vez mais destaque. Embora muita gente não dê a devida atenção ao problema, os quilos a mais podem causar complicações físicas e emocionais que acompanham o indivíduo até a fase adulta.
Por isso, é muito importante conhecer as causas do excesso de peso e iniciar um tratamento o quanto antes. Dessa forma, as consequências da obesidade serão amenizadas e o desenvolvimento da criança poderá seguir normalmente.



Quais são as causas da obesidade infantil?
Em linhas gerais, a obesidade infantil é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura nas crianças. Há diversas causas que podem desencadear esse quadro.

Dieta desequilibrada
Apesar de serem práticas, comidas industrializadas, biscoitos e salgadinhos para lanches, refeições congeladas e de restaurantes tipo fast food são, geralmente, muito calóricas e pobres em nutrientes. Além de contribuir para o excesso de peso, esses alimentos não favorecem o desenvolvimento saudável da criança.

Sedentarismo
A prática de atividades físicas é importante para a queima de calorias. A tecnologia tem exercido uma influência negativa nesse aspecto, uma vez que as crianças passam muito mais tempo na frente da TV ou sentadas no computador. Com isso sobra menos tempo para brincar ativamente ou praticar esportes.

Distúrbios psicológicos
A obesidade pode manter a criança dentro de um círculo vicioso. O obeso sofre com sua condição e busca refúgio na alimentação, piorando ainda mais a situação. Os problemas psicológicos podem levar à perda de sono, o que também pode ser um fator de risco para o excesso de peso.

Histórico familiar
Além da herança genética, os maus hábitos também são “herdados” pelas crianças. Os costumes adquiridos na infância serão levados pela vida inteira, por isso aspectos como alimentação saudável e a importância de se praticar exercícios devem ser muito bem trabalhados nessa fase da vida

Como tratar o sobrepeso na infância?
A obesidade infantil é reversível e deve ser tratada tão logo os quilos extras surjam. O tratamento deve ser baseado em suas causas e pode incluir:
reeducação alimentar;
estímulo à prática de atividades físicas;
controle do desequilíbrio hormonal;

   Vale lembrar que o tratamento do sobrepeso na infância deve envolver toda a família. Muitas vezes, a criança está fora do peso em função do ambiente que ela vive.
Muitas crianças não têm ainda idade para comprar suas guloseimas, escolher adequadamente sua alimentação e nem decidir praticar atividades físicas por conta própria.
   Se ganham peso, muito provavelmente é porque a família disponibiliza esses alimentos e não a estimula a brincar e praticar atividades físicas.

Quais são as consequências da obesidade para as crianças?
Normalmente, a criança obesa está habituada a um estilo de vida desregrado e nem sempre tem idade para entender que mudanças são necessárias. Ainda assim, é preciso iniciar o tratamento contra o sobrepeso o quanto antes, a fim de evitar possíveis complicações, tais como:
apneia do sono;
colesterol alto;
diabetes tipo 2;
problemas cardiovasculares;
baixa autoestima;
depressão;
problemas ortopédicos.

Desse modo, é possível perceber que a obesidade infantil vai muito além de um problema de estética, podendo ter impactos físicos e psicológicos no desenvolvimento da criança.
                           Ligue (64)3461-1343 Agende sua consulta e vamos conversar!



Marcus Vinicius

Graduado em nutrição pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-Goias) Pós graduando em Nutrição esportiva

Create Account



Log In Your Account