GPT prende indivíduo com tornozeleira eletrônica desligada desde dezembro de 2018

Durante patrulhamento no Setor Parque Santana a equipe do Grupo de Patrulhamento Tático(GPT) avistou um indivíduo em atitude suspeita, foi feita a abordagem e durante a busca pessoal foi constatado que o abordado estava com uma tornozeleira eletrônica, porém a mesma estava desligada, perguntado sobre o aparelho fomos informados que a tornozeleira havia descarregado a poucos minutos e que era da cidade de Caldas Novas/Go.

De posse das informações foi feito contato com o presídio da referida cidade e foi constatado que o aparelho estava sem sinal desde o dia 20/12/2018. Segundo o suspeito, foi uma determinação judicial o desligamento do equipamento após ele ter sido vítima de uma tentativa homicídio na cidade de Caldas Novas. O rapaz estava na cidade de Pires do Rio desde dezembro após receber alta do hospital em Goiânia.

Diante dos fatos o autor foi conduzido até o hospital municipal onde foi feito relatório médico e posteriormente ao Presídio da cidade de Pires do Rio onde ficou sob responsabilidade dos agentes prisionais.

Tornozeleira Eletrônica Desligada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *